sábado, 24 de outubro de 2009

Vamos lá "descomplicar"

Os animais têm coisas curiosas que nós só conseguimos interpretar descendo do pedestal de seres pretensamente inteligentes e superiores e regressando à nossa condição de animal.
Eu adoro sentar-me com a minha cadelita no tapete da cozinha.
Ela só come depois de levantada a mesa do jantar e de confirmar que já não vai haver nada para ela. É então que lhe dou uma "iguaria" - normalmente uma colher de arroz de legumes e carne - que ela devora num instante dando início, a seguir, ao ritual de encher a boca com ração seca, caminhar até ao tapete da cozinha, largar as "bolinhas" que depois vai comendo, uma a uma. Depois volta à tigela, volta a encher a boca e repete tudo, numa indolência irritante para quem espera, porque a seguir ela vai querer ir à rua fazer as necessidades fisiológicas nocturnas, acto também ritualizado e demorado, já que "abala" para o terreno ao fundo da rua - normalmente a correr atrás de algum gato - desaparece na escuridão para aparecer passados uns minutos, na sua "pachorra" habitual, a cheirar os pneus dos carros e a "rir-se" para nós, que esperamos pacientemente, ou não, à porta.
Porém tudo muda se, depois da "iguaria", eu me sentar no tapete ao lado da comida, lhe fizer festas e falar com ela, enquanto come. Aí, talvez por se sentir ao mesmo nível, fica com um ar de felicidade indescritível e retribui as carícias com um sorriso e aquele olhar meigo que deixa qualquer pessoa "derretida". Come depressa e, terminada a refeição, estende-se ao meu lado e põe-se a jeito para uma sessão de cócegas na barriga.

Porque é que nós temos tudo para ser felizes e somos tão complicados?

6 comentários:

Lia disse...

por isso mesmo...pq não damos valor às pequenas coisas..e tu dás-me cada vez mais vontade de ter um cão!

mfc disse...

Eheheheheheh... faz tudo exactamente como a minha!
Todas as pequenas coisas da vida são as importantes!

opinião própria disse...

É uma grande verdade o tu disseste...

dinona disse...

É verdade, são essas pequenas acções dos nossos bichinhos que nos fazem ver a vida de outra maneira... de uma maneira mais simple e alegre :)

Não é à toa que as terapias com animais cada vez são mais usadas pelos médicos, são fantásticos!

Liliana disse...

É tão fácil e tão simples aproveitar as coisas boas da vida. Pena que nem sempre estejamos com espírito para percebermos o que realmente é importante... Beijo

Lizzy disse...

Em minha casa o ritual é o mesmo e o que dizes é mesmo tudo verdade...