quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Ó pra ela

Alguém acredita que esta coizinha fofa é filha de mãe abandonada e estava destinada à eutanásia?



Ela fica à espera até que eu tire a foto e a mande embora.
É um animal de uma inteligência extraordinária, sempre à espera que a mande fazer alguma coisa, sempre pronta a aprender.
E para rafeira saiu bem bonita.
Deve ser das poucas loiras bonita e inteligentes à face da Terra.
Pronto, agora é que estraguei tudo eheheh.

9 comentários:

Pronúncia disse...

Os cães são um espectáculo, especialmente os rafeiros. Têm expressões e atitudes melhores que as de muita gente... gosto deles! ;)

Liliana disse...

É linda! Não disseste o nome... Imperdoável! :)

Eu também tenho duas meninas, a Mimi e a Kika. Os bichitos são um encanto. Uma pessoa perde-se de amores por eles, não é? Não percebo como é que há gente capaz de os abandonar - devia ser punido por lei. Os cães são companheiros extremamente fiéis, verdadeiros amigos, e, se nos dedicarmos a ensiná-los, surpreendem-nos com a sua capacidade para aprender. Sim, pensas que só a tua amiga é que é inteligente?! :)

Beijoca

Anna disse...

É uma menina amorosa!! Suponho que tenha sido uma feliz por ter-se cruzado contigo, pela forma como a descreves!

É assim que eles devem ser mimados e estimados, porque não raras vezes acabam por nos entender até melhor que os outros de duas patas que andam por aí!

*

dinona disse...

Que linda :)
É mesmo fotogénica... se a salvaste da morte até merecias uma beijoca!

Que eu sou muito chorona e fico muito comovida com os animais :)

Lia disse...

e pronto...eu que luto todos os dias com a vontade de ter um cão agora fiquei toda derretida.... como se chama a bichinha?

Olhos Dourados disse...

Não resisto a animais fofinhos!

Galo disse...

Pronúncia

O maior problema dos cães são mesmo os donos.
------------------
Liliana

Claro que são todos inteligentes. Só que muita gente tem os animais mas não tem tempo para os entender e ensinar.
A minha amiga chama-se Nina e tem 9 anos (feitos em Fevereiro).
---------------------

Anna

Eu faço o que posso para que seja feliz. Faço os possíveis para que, acima de tudo, ela não perca as características de um cão. Um cão educado e sociável, mas que corra livremente pelo campo, porque por muito que eles gostem de estar connosco, também gostam de ser cães.
------------------
dinona

Aquilo que ela me dá, todos os dias, basta para "pagar" o que eu fiz por ela, que não foi mais que cumprir um dever de cidadania.
Nós temos o dever de cuidar dos animais que domesticámos e de preservar o habitat dos que se mantêm selvagens.
Infelizmente nem sempre cumprimos as nossas obrigações.
------------------

Lia

A minha bichinha chama-se Nina e se tens vontade de ter um animal destes, em primeiro lugar tens de estar preparada para aceitar algumas limitações que isso implica, como uma coisa natural.
O nascimento de um filho também traz alterações à nossa vida e não é por isso que deixamos de os ter.
Vamos menos ao cinema, jantamos menos vezes fora, passamos noites nas urgências e no dia seguinte vamos trabalhar de cara alegre, mas não há nada que pague a compensação de vê-los crescer e, lentamente, começarem a "voar" sozinhos.
Com um cão é quase o mesmo lol.
--------------------

Olhos Dourados

Nem sei como há gente capaz de passar perto de um animal como este, sem lhe fazer uma festa.

a estagiária disse...

A Nina é linda!!! O dono é que pronto.. coitada da bicha.. podia ter tido mais sorte.. ;) brincadeirinha...

Também já recolhi uma cadelinha abadonada que entretanto morreu de velhice e era uma castiça.. e parecia que nos agradecia por lhe termos tirado da vida triste que levava..

Lizzy disse...

Eu também tenho 2 rafeiritas lindas demais. A Maia e a Pantufa. Já não consigo passar sem elas. A Maia já é velhinha (12 anos)e, por acaso, desde ontem que não está muito bem de saúde(espero que fique boa rápido). A Pantufa (4 anos) é a filhota que vi nascer e não consegui separar-me dela. Todos os dias nos dão amor incondicional sem pedir nada em troca. Os animais são assim!