terça-feira, 29 de setembro de 2009

E se estivesses calado?

Chegou e disse.



Tirou o chapéu e foi-se.

E aqueles portugueses ingénuos que ainda acreditam que daquela boca possa sair mais do que migalhas de Bolo-Rei e que há mais de três quinze dias esperavam toda a verdade sobre as polémicas escutas, acabam por ficar na dúvida se foi a montanha que pariu um rato, ou se foi um rato que pariu uma montanha de disparates, dignos de um miúdo da escola primária.
Vai-se a ver e a responsabilidade desta polémica idiota ainda vai recair sobre algum continuo da presidência da república.
Ora eu penso que não é para este tipo de tricas de cabeleireiro e manicura que nós pagamos aqueles milhões todos que se gastam com esta gente.
Puta que os pariu!

9 comentários:

Princesa disse...

Tem coisas que acontecem na vida da gente que não tem explicação perdemos a chance de amar e sermos amados por medo, por "estar longe", por achar que as diferenças vão atrapalhar, ou a idade, mas esquecemos que um amor perdido jamais nos voltará e que a pior coisa no mundo é viver sem um amor."

Beijinhos

Pronúncia disse...

Não vi, não ouvi e sinceramente estou farta de "novelas mexicanas"!

Pode ser que amanhã a minha curiosidade e, acima de tudo, a paciência, voltem... :)

Lia disse...

eu ouvi...e fiquei na mesma! Agora já percebi pq é que o homem nunca comenta nada, é indiferente!!!

opinião própria disse...

Finalmente percebo porque é que o Cavaco prefere estar calado... Assim não diz asneiras...

a estagiária disse...

Oh oh.. não digas essas coisas do senhor.. ele é um idoso.. é preciso dar o desconto...

Patrícia disse...

Clap, Clap!
Apróximamo-nos de uma temporada cheia de muito mais palhaçada do que a que já conheciamos. O circo agora é outro.

S* disse...

ahahahah

Palhaçada no seu melhor.

Anjo De Cor disse...

não vi, sinceramente nem queria ver.... cansada de tantos ditos e não ditos... nem eles própios sabem o que dizem, enfim.

Bjs pra o Galito ;)

White_Fox disse...

Eu adorei foi as perguntas que o Sr. fez a ele próprio!
abraço