sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Cartão vermelho directo para:

Com um atraso de alguns dias (desculpa Patrícia), aqui fica então a resposta ao desafio lançado pela proprietária do "Virgula Voadora".
Havia muito mais cartões vermelhos a mostrar, mas nem que eu criasse um blogue especialmente para isso, conseguiria dar vazão a tanta indignação refreada. Refreada porque se um gajo vai andar a pensar só nisso, ainda dá em "choné".



Assim, mostro um cartão vermelho:

1º - A todos os políticos que mentem despudoradamente (também pode ser a forca).

2º - Aos automobilistas que estacionam em cima dos passeios e passadeiras para peões.

3º - Às gajas que falam ao telemóvel enquanto conduzem (mal e porcamente eheheh).

4º - Aos camelos que buzinam mal o sinal muda para verde (a esses eu substituía-lhes a buzina por uma bomba tão potente que eles tivessem que ser apanhados com uma pá ;PPP).

5º - Àqueles clientes que parecem alentejanos (dedicada a todas as alentejanas que demoram uma eternidade a guardar as compras eheheh. Patrícia, sabes do que estou a falar, não sabes? eheheh) e que "empancam" as caixas dos supermercados a contar "tostões" e a arrumar as compras nos sacos.

6º - Aos donos que têm os cães nas varandas a ladrar o dia inteiro e a foder a cabeça aos vizinhos.

7º - Aos pais que não sabem dar educação às suas crias e depois ainda vão às escolas queixarem-se dos professores.

8º - Aos burgessos do Ministério da Educação, responsáveis pelo site onde os professores validam o concurso, que tem horário de expediente (é verdade, um professor para validar o concurso na internet, tem de fazê-lo até às 18 horas).

9º Às entidades que nos lixam a cabeça com campanhas de poupança de energia, mas que depois têm quarteirões inteiros com a iluminação pública ligada dia e noite, durante várias semanas, ou meses.

E, finalmente, com uma referência muito especial e uma feroz indignação:
10º - À caridadezinha inconsequente que serve apenas de lavagem de consciências dos responsáveis pela miséria.
A caridade é um ultraje, um achincalhamento, um atentado à dignidade humana.
Para os "profissionais" da caridadezinha vai o meu cartão vermelho e um descomunal "PUTA QUE OS PARIU".
Caridade nunca, jamais, em tempo algum!

Vá lá só mais um cartãozinho vermelho aos tipos que se lembraram de instituir um feriado municipal logo no dia em que eu levantei o cu da cama às 7 da manhã, para levar o carro à inspecção. Um cartãozinho e, já agora, vá lá também um pequeno "puta que os pariu", que eles não são mais nem menos do que os outros eheheheh.

Quanto a passar a mais cinco contemplados, demorei tanto tempo a responder, que agora é difícil arranjar alguém, quem não tenha sido nomeado.
Mas quem estiver interessado, "faxabor" de pegar aqui. ;P

8 comentários:

Little Monster disse...

Isto é caso para dizer... "Qual galo qual quê... estás prontinho mas é a soltar a franga!" Isso é que é indignação!!

Oh "faxabori" de reclamar sim!

Cor do Sol disse...

Bem, se nós não nos lembrarmos de alguma coisa sempre te podemos perguntar. É que nem deixas mais espaço para indignação. Mas, olha lá...tu pára com isso das gajas a conduzir que já me estás a indignar.lol.

S* disse...

Aos donos que têm os caes na varanda, Ponto.

Pronúncia disse...

Quem fala assim não é gago...

Já agora, não servias para arbitro... dez cartões vermelhos e ficavas apenas com um jogador em campo. Talvez o guarda redes, não?!

Bom fim de semana! :)

opinião própria disse...

Tinhas jeito para árbitro...

Patrícia disse...

Olha, já que a rapidez é o que se quer nas caixas de supermercado, 'pla tua lógica, vou começar a encostar o carrinho à senhora e peço-lhe com jeitinho o favor de, já que tem de passar o código de barras, marcar golos para dentro do carrinho de compras, enquanto conto os tostões. Raios as partam! Detesto que me apressem quando não tenho pressa.

Patrícia disse...

Ahahah mto bem respondido:)

Miss Yellow disse...

5º - Àqueles clientes que parecem alentejanos (dedicada a todas as alentejanas que demoram uma eternidade a guardar as compras eheheh. Patrícia, sabes do que estou a falar, não sabes? eheheh) e que "empancam" as caixas dos supermercados a contar "tostões" e a arrumar as compras nos sacos.


Bem, isto quanto a mim é uma provocação à minha pessoa, isto francamente já não há homens como antigamente.. LOL

é assim, que fique aqui bem claro que nem todos os alentejanos são lentos.