domingo, 30 de agosto de 2009

Viva a tradição da morte!

Mais uma vez a "tradição" foi cumprida em barrancos.
Admira-me que um povo que tem feito tanto para perpetuar a tradição dos toiros de morte, ao mesmo tempo tenha desleixado a produção do "tradicional" chouriço de porco preto, dantes feito com pedaços de carne cortada à mão e que hoje não passa de uma mistela intragável de pimentos e carne moída por uma máquina.
Com tantas modernices, ainda havemos de assistir ao cumprir da tradição barranquenha com os toureiros substituídos por máquinas de matar touros.
Eu por mim, que também tenho um certo apreço por tradições, mandava instalar um cadafalso na aldeia e instituía a "tradicional" pena de morte por enforcamento, só em barrancos.
E viva a tradição!

6 comentários:

mjf disse...

Olá!
Concordo:=)
Viva a tradiçÃo...
Tudo em nome da tradição...

Beijocas
Boa semana

Anjo De Cor disse...

Concordo ctg amigo galo ;)
É uma tristeza... há tradições mais bonitas que já estão esquecidas.
Bjs*

Patrícia disse...

Não conheço do que falas, mas em Barrancos ou noutro sitio qualquer, as tradições de outrora mudaram, muito. Modernizaram? Talvez. Tudo para pior, em Barrancos ou aqui...!

S* disse...

Essa tradiçao de Barrancos bem que podia ser abolida. Coisa mais feia. ;)

Olhos Dourados disse...

Também não gosto dessas tradições de matar touros.

Peão disse...

Sublinhado e assinado por baixo...