quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Vácuo absoluto

Sabem aqueles dias em que acordamos tristes, sem um motivo aparente, com aquela sensação de esvaziamento total, sem um arrepio na espinha, uma vibração, um sentimento? como se o Mundo tivesse parado durante a noite e para voltar a pô-lo em movimento fosse necessária uma força descomunal, uma força que não temos e só nos apetece deixar cair por terra o que estiver para cair e que se foda.

Enfim... amanhã é outro dia e dentro da bagageira da "voiture" já há mais uma lata de 15 litros de tinta de areia, à minha espera. Tinta de areia, como sabem, capaz de despertar em mim os mais profundos e exaltados sentimentos e arrepios.
Puta que a pariu!

3 comentários:

Patrícia disse...

Amanhã é sexta-feira, sol, calor, fim de semana à porta e... tinta de areia! Porquê tanta tristeza? :P
Calma, fosse a tinta de areia o maior problema das nossas vidas e andaríamos sempre sempre contentes! :)

S* disse...

Se tivesse a trabalheira que tu estas a ter num dia bonito como hoje... tambem me passava com a tinta. :P

Pronúncia disse...

Afinal à um motivo para essa tristeza que pensas não saber de onde vem. A culpada é...



... a tinta de areia! Obviamente!

Boas pinturas :)