quarta-feira, 22 de julho de 2009

Nem de "borla", quanto mais comprada

Luciana e Djaló ‘vendem’ namoro

Se eles vendem, é porque há quem compre.

Isto faz-me lembrar aquela história do bêbado que, no tempo da ditadura, foi preso por andar no Rossio a gritar que ia comprar o Salazar.
Quando, no dia seguinte, acordou nos calabouços da António Maria Cardoso e o informaram do motivo da prisão, baixou a cabeça, desanimado e disse:
Fod*-se, um gajo quando está bêbado compra toda a merd* que lhe aparece à frente.

9 comentários:

S* disse...

25 mil euros por uma entrevista com o cumulo da pirosice??? There's no f*cking way!

mjf disse...

Olá!
Mas é esta m..d. que vende as revistas :=(((
Ridiculo, as figuras que estas personagens fazem...para não cairem no esquecimento!!!!

Beijocas

Olhos Dourados disse...

LLOOLL

Inês Oliveira disse...

Ta giro o texto :)
Comico!

PAssa no meu*

Patrícia disse...

Porra! Eu acho isto inadmissivel.
LOL

Anjo De Cor disse...

Cada uma, quer aparecer de qualquer maneira...
Falta de gosto, mas mais burro é quem compra essas revistas para leer o que uma "fulana" que ninguém sabe quém é, nem porque aparece nas revistas.
Bjs*

Pronúncia disse...

Oh pá!

Deixa lá os pombinhos em paz!
Assim só se estraga um lar...

Ninguém lê, ninguém lê, mas elas vendem que nem ginjas...

opinião própria disse...

Há pessoas que não há nada que não vendam!!!

Cor do Sol disse...

Ainda há juízo na imprensa cor de rosa e parece que não lhe pagam.