sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Segredos da Casa Branca

Hoje em dia é praticamente aceite como verdadeira a existência de um romance, no início da década de 60, entre o Presidente John Kennedy e a atriz Marilyn Monroe. No entanto após a morte do último membro do clã "Kennedy", Edward Keenedy, torna-se praticamente impossível confirmar se o malogrado Presidente dos Estados Unidos algum dia terá confessado aos irmãos o facto de, desde o início do romance secreto com a atriz, ser vítima de um pesadelo recorrente.
Contava-se, nos corredores da Casa Branca, que o Presidente terá dito: - acordo sempre a meio da noite, a transpirar, com a sensação de que a Marilyn Mo Roi, ofendida por lhe ter pedido que mo chupe.

8 comentários:

S* disse...

ahahah

Tu não faças filmes com os falecidos.

Lia disse...

os presidentes dos EUA passam-se tds! Qualquer dia é o Obama a fumar charuto com a Oprah!

Liliana disse...

Hahahahaha! Roer dói mais que chupar, pelo que o pesadelo até seria compreensível... lol
Inventas cada uma, Zé Galo! Beijoca

Demóstenes disse...

Bem apanhada a chalaça! Digno de capão, sim senhor.


Abraço

opinião própria disse...

Lol. Cada pesadelo tem a sua razão de ser...

Carla disse...

Coitado nem conseguia dormir descansado lol

Malena disse...

O John era vidente e já sabia o que ia acontecer ao Clinton por ter essa mania de querer as mulheres "de joelhos"! :))))

Olhos Dourados disse...

LLOOLL, que mau!