segunda-feira, 8 de março de 2010

O nosso futuro e o dele

Sócrates está muito optimista quanto ao futuro de Portugal.

Afinal nós fomos dos países que melhor atravessou aquela que foi a maior crise dos últimos oitenta anos.

Deve ser do hábito.
À força de viver tantos anos em crise, o português já está capaz de comer crises ao pequeno almoço.
O receio dos nossos queridos governantes agora devem centrar-se no fim da crise, porque eu estou convencido que esta merda vicia e no dia em que Portugal deixar de estar em crise, o pessoal entra em ressaca e é bem capaz de aumentar a taxa de suicídios.

E na peidola, senhor primeiro sinistro? Já pensou em começar a enfiar morcelas pela peidola acima?
Era capaz de lhe tomar o gosto (como a gente tomou às crises) e, quem sabe, não abalava para Marrazes, que tem umas belas morcelas de arroz que, palpita-me, são mesmo à sua medida.

Estes políticos cada vez estão mais obscenos.

6 comentários:

Anónimo disse...

Estás cá com umas fixações anais!!! Já agora, em vez de morcelas de arroz, que até são moles, não seria melhor paio de Arganil?? ;-))

Malena

S* disse...

Era capaz de gostar era!!

Bailarina disse...

Era bem capaz de lhe apanhar o gosto...

Ere, era... 8)
Bjinho*

mjf disse...

Olá!
Politicos= a mentiras n:=((((

Beijocas

D* disse...

Políticos.. quem é que os entende?

chapeu de sol amarelo disse...

é impressionante a lata que este tipo tem para nos mentir todo o santo dia!