sexta-feira, 19 de março de 2010

?????????????????

Pronto, eu ando sem disposição para pensar, para escrever, para visitas...
Vim mais para agradecer a quem se tem preocupado comigo, à Malena, que até me dedicou um poema e à Lia, que disponibilizou o E-mail. Dizer que é, apenas, o desespero habitual e que não quero escrever nada que, sei por experiência, só irá contribuir para me torturar ainda mais.
Obrigado, agradeço a boa vontade, mas é dentro de mim que tenho de procurar ânimo para ultrapassar... o medo. Não vale a pena inventar eufemismos? É medo e pronto!
Eu sei que é preciso ter muita força. Sei que isto vai prolongar-se até ao fim da vida. É um sentença adiada e eu nem lido muito bem com adiamentos, nem desejo antecipações.
Por isso ando desanimado, cansado de viver neste permanente estado de medo e, ao mesmo tempo, receoso que ele acabe de vez.
Isto até dá vontade de arrancar as penas da cabeça :)

9 comentários:

Bailarina disse...

Parece que o medo, é um sentimento que nos invade e nunca quer desaparecer... Temos que saber lidar com ele!!

Bjinho*

Lia disse...

ando cheia de medo, também... é um sentimento que nos invade e é complicado mandar embora... mas olha, cada dia é um dia, e se não te animas não estás a aproveitar a vida, e isso é o pior que podes fazer, certo? Se não for só por ti, tenta fazê-lo pela sô dona galinha, pela tua pintainha, pela Nina, pela salamandra que ainda te vai aquecer os fundilhos durante muitos invernos e, claro, por nós: fiés visitantes do teu galinheiro! Boa?

mjf disse...

Olá!
Qual medo ???
Vive-se um dia de cada vez :=))
Ânimo amigo...

Beijocas
bfs

Liliana disse...

Se não houvesse medo, ninguém seria corajoso...

Medo também eu tenho, depois de há dois anos saber que padecia de uma doença crónica, que, tanto se manifesta como se esconde e que, felizmente, não se tem manifestado. Mas o medo está sempre lá... O melhor é fazer de tudo para evitar pensar no assunto (e de falar sobre ele). Há muitas coisas fantásticas na vida, algumas só apreciamos depois de ganharmos esse medo, por isso há que dar valor ao que temos, ao que vivemos e não deixar que o medo tome conta de nós.

Levanta a crista, Zé Galo!!! Anima-te, que isso passa, ok? Beijoca e continua a escrever, nem que seja para dizer asneiras (que é o que todos precisamos de ler, a ver se nos rimos um bocadinho)... :) Beijoca

dinona disse...

Coragem Galito... vais ver que essa fase vai passar, como tudo na vida, e preciso é que nao desesperes e que tenham o apoio daqueles que te amam.

Beijocas

Olhos Dourados disse...

Pensamento positivo.

Pinkk Candy disse...

"permanente estado de medo" ???
mas porquê? estás doente? às portas da morte? desculpa a pergunta, mas só se for isso, é que me leva a crer que alguém sinta um PERMANENTE ESTADO DE MEDO!
ou tens ataques de pânico? se for isso tens que procurar uma médico...

jinhuxx***

Pronúncia disse...

Galito, um dia de cada vez e muita força... garanto-te que a tens, muito mais que aquilo que imaginas... basta ler-te para saber isso!

Beijo grande

Pocahontas na Cidade disse...

Arrancar as penas na cabeça... Só tu! lol

Não alimentes o medo... Mostra o Galo Imponente que tu ÉS!

Jinho