quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Ou seja:

A conversão de Abel Xavier ao islamismo tem enchido páginas de jornais, suscitado entrevistas em "horário nobre" de canais televisivos (nem a Judite de Sousa resistiu a tamanha "pimbalhada") e até uma conferência de imprensa, onde o ex-futebolista anunciou a conversão.

Hoje, na Grande Entrevista, a Judite de Sousa manifestou alguma admiração pelo facto de um indivíduo nascer cristão e aos 37 anos ter um "vaipe" e passar-se para o islão.
Por mim não sei onde é que está a admiração. Se o tipo nasceu preto e agora é loirinho e de olhos azuis, que nem sueco: começou por jogar futebol, que é suposto ser jogado com os pés e a cabeça e um dia resolveu passar a jogar com a mão (Euro 2000), não sei qual é a admiração de ter nascido cristão e passar-se para o islão.
A única objecção que levanto, é que acho que há coisas muito mais interessantes para um tipo de 37 anos fazer. Ainda mais um tipo que começa 90% das frases com um despropositado "Ou seja:" e termina-as com um não menos despropositado "logicamente"(*) (esta paga direitos de autor ao Figo lol).
Ó Abel, já ouviste falar das "Novas Oportunidades"?

E depois da RTP nos ter brindado com a troante declaração, em directo, do Ministro das Finanças (melhor só mesmo o Cavaco), Abel Xavier só não é a cereja no topo do bolo, porque o próprio penteado do Abel parece um bolo sem cereja.

(*) "Ou seja" e "logicamente", foram as palavras mais utilizadas por Abel Xavier, na Grande Entrevista (Judite de Sousa) de hoje. Tenho pena que o vídeo ainda não esteja disponível na RTP on line.

15 comentários:

Bailarina disse...

Eu nem sequer vi o programa!!! Que ridiculo... Tante gente boa para se entrevistar e tinha que nos aparecer logo o Dragnboll!! A época dele já passou... E ainda por cima, mudou de nome, parece que agora é o Faisal... Mas que bem!!
Bjinho*

D* disse...

Eu não vi a entrevista, mas quando a notícia apareceu... nem vou comentar! T
anta coisa importante a acontecer por esse país fora, e vão escolher este tema? Oh pff..

Malena disse...

E então a camarada Zita Seabra, hein? Agora não é do PSD, contra a despenalização do aborto e outros dislates dos esquerdistas? Oh pá! Só lhe falta pintar o cabelo de loirs e fazer um peeling, como a Lili! Agora o Abel, coitadito, precisava de voltar à ribalta e os portuguesitos da imprensa adoraram ter do que falar, já que até estamos muito bem em todos os campos, do político, ao económico, ao social!!!
Abraço rabugento! É que eu também ando fartinha desta fantochada!

opinião própria disse...

Ou seja... é um artista português... logicamente...

Mariquita disse...

Realmente de um preto loiro... não é que seja racista... mas um preto que pinta o cabelo de loiro parece que é... por isso não admira!

É impressão minha ou o teu galo agora está... depenado?

Cor do Sol disse...

Só vira casacas pá! :P

Pocahontas na Cidade disse...

Eu não queria pronunciar-me muito, mas tens que ver que terrenamente, ele já teve de tudo... E se calhar isso não lhe fez ser feliz.

Mas de cristão para islamismo é passar de cavalo para burro velho.
Vou por essa frase no meu blogue... hmm

mjf disse...

Olá!
Assim se desviam as atençºoes para as coisas importantes da nosso País:=((((


Beijocas


Bom fim de semana

S* disse...

Ele agora virou figura importante...

Sara* disse...

Essa ainda não sabia, mas vindo de quem vem já nao me admira.
Em relação a darem direito de antena e protagonismo a criatura, neste país já nada me espanta

Lia disse...

ou seja o homem parece um monstrengo saido de um filme de animação muito xunga, é islâmico e parvo e tu achas que ele não merece protagonismo? Mas então não é a TV portuguesa? Só falta virar vampiro e torna-se a estrela-mor cá do sitio. Logicamente.

Olhos Dourados disse...

Ohbalhamedeuss..

Martins disse...

Eu vi a entrevista dele para o programa Alta Definição. O homem só fazia era rir. Enfim... E a mim só chamava a atenção ( e encandeava) a cor de cabelo. Pelo que parece sempre foi dado a extravagâncias, soma-se mais esta de mudar de religião. Cada maluco com a sua pancada.

Anira the Cat disse...

Enfim, ideias (ou a falta delas...). Mais circo para entreter...

Bjokas

Carla disse...

E assim se fala um pouco menos do Haiti... há que ter assuntos novos para falar :p